Mulher de Larry King aceitou traição em troca de 3 casas, segundo site

Los Angeles (EUA.), 16 abr (EFE).

EFE |

- A mulher do jornalista americano Larry King sabe das supostas traições de seu marido há anos, mas as manteve em segredo em troca dos títulos de propriedade de três de suas casas, informou hoje o site "TMZ".

King, de 76 anos, pediu o divórcio esta semana, em Los Angeles, por "diferenças irreconciliáveis" com sua esposa, Shawn Southwick, de 50 anos, depois de uma séria discussão gerada por uma suposta relação extramatrimonial do famoso entrevistador da "CNN" com sua cunhada.

O caso teria começado cinco anos atrás, quando King começou a enviar presentes caros a Shannon Engemann, irmã de sua esposa, que chegou a ganhar um carro no valor de US$ 160 mil e joias Cartier.

Aparentemente, extratos bancários o entregaram e Shawn ameaçou terminar o casamento na época.

Foi então que King aceitou colocar sua casa em Beverly Hills no nome de Shawn, além de outras duas propriedades no estado americano de Utah, como prova de seu compromisso com sua esposa, que aceitou a situação.

Agora, o jornalista quer que, com o divórcio, suas casas sejam devolvidas e os documentos, anulados. EFE fmx/pd

    Leia tudo sobre: iG

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG