Mulher de Berlusconi diz que teve dignidade e casamento atacados

Roma, 11 jun (EFE).- Veronica Lario afirmou que sua dignidade pessoal e a história de seu casamento foram atacadas desde que se tornou público, no começo de maio, sua intenção de se divorciar do primeiro-ministro da Itália, Silvio Berlusconi.

EFE |

"Nestas semanas assisti em silêncio, sem reagir na imprensa, ao brutal ataque contra minha pessoa, minha dignidade e minha história conjugal", disse Lario em uma breve carta publicada hoje no jornal "Corriere della Sera".

"A verdade é que ninguém chegou perto do que realmente aconteceu na relação entre meu marido e eu, nem sobre o que me motivou a procurar a imprensa para em comunicar com ele", acrescentou.

A imprensa italiana informou no começo de maio a intenção de Lario de pedir o divórcio de Berlusconi, depois de se mostrar contrária à intenção do premiê de incluir jovens beldades na lista de seu partido, o Povo da Liberdade (PDL), para as eleições europeias.

A decisão de pedir o divórcio também foi motivada pelo relacionamento de Berlusconi com a jovem Noemi Letizia, de 18 anos.

"A verdade é que sempre o amei (a Berlusconi) e que organizei minha vida em função do meu casamento e da minha família", concluiu Lario. EFE mcs/mh

    Leia tudo sobre: iG

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG