Mulher de Berlusconi critica candidaturas europeias da Itália

Roma, 28 abr (EFE).- Veronica Lario, esposa do primeiro-ministro da Itália, Silvio Berlusconi, disse que a candidatura de mulheres belas na lista do partido de seu marido às eleições europeias é uma vergonha.

EFE |

Lario se referiu à recente polêmica na Itália pela inclusão nas listas do partido Povo da Liberdade (PDL) de mulheres do mundo do espetáculo, entre elas a participante de um concurso televisivo.

A mulher de Berlusconi afirmou que a atitude é "uma vergonha e uma falta de discrição do poder que ofende a credibilidade de todas as mulheres".

Lario diz compartilhar da opinião de quem afirma que tudo isto é "para diversão do imperador", em referência a seu marido, já que em sua opinião se trata de criar "lixo sem pudor em nome do poder".

Em suas declarações, Lario elogiou o papel das mulheres no mundo empresarial e político, e citou como exemplos de ontem e hoje a ex-primeira-ministra britânica Margaret Thatcher e a atual chanceler alemã, Angela Merkel.

No entanto, a esposa do líder italiano afirmou que a beleza das mulheres "não é um mérito ou um demérito" no campo da política.

Lario disse ainda que pretende deixar claro que ela e seus filhos são "vítimas e não cúmplices" de uma situação que se veem obrigados a "sofrer". EFE fab/mh

    Leia tudo sobre: iG

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG