Mulher acusada de ter caso com McCain processa New York Times

Uma mulher que durante a campanha eleitoral americana foi acusada de ter um caso amoroso com o candidato republicano John McCain abriu uma ação contra o New York Times, que revelou o suposto escândalo, indicou nesta quarta-feira o jornal.

AFP |

A ação, apresentada em um tribunal da Virgínia, alega que um artigo publicado na primeira página do jornal estava errado ao sugerir que Vicki Iseman e McCain tinham uma relação amorosa "ilícita".

"A senhora Iseman não teve relação alguma com McCain fora do profissional", indica o processo, que pede US$ 27 milhões por perdas e danos.

O artigo foi publicado em 21 de fevereiro de 2008, quando McCain era considerado candidato favorito à investidura republicana para a eleição presidencial.

Abbe Serphos, porta-voz do New York Times, disse que o jornal mantém plenamente a versão do artigo de fevereiro. "Continuamos pensando que era verdadeiro e fidedigno, e prevaleceremos", disse Serphos.

ltl/lm

    Leia tudo sobre: iG

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG