Mulher 40 anos é a oitava vítima fatal da gripe no Peru

Lima, 16 jul (EFE).- Uma mulher de 40 anos natual da cidade de Huánuco, no centro do Peru, foi a primeira pessoa a morrer de gripe suína fora de Lima e a oitava em todo o país, informou hoje o Ministério da Saúde (Minsa).

EFE |

A mulher pertencia aos "grupos populacionais de risco" para esta doença, já que tinha asma e sofria de uma cardiopatia severa, diz uma nota do Governo.

Os outros sete mortos pela doença no Peru foram dois adultos obesos, uma menina com síndrome de Down, duas mulheres grávidas, um jovem com problemas cardíacos e um homem com hipertensão.

O Minsa também informou que 164 novos casos da doença foram confirmados no país. Ao todo, já são 2.390 os infectados pela nova gripe no Peru.

De acordo com o Governo, todos os doentes estão em isolamento domiciliar, sob controle médico e respondendo favoravelmente ao tratamento. EFE fcg/sc

    Leia tudo sobre: iG

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG