Mulá Omar dá ordens diretas e muda estilo como líder talibã

O líder supremo talibã, mulá Omar, reafirmou sua liderança sobre a milícia extremista e assumiu um controle direto, ordenando ataques e removendo comandantes no Afeganistão, informa a imprensa americana.

AFP |

Esta é uma mudança de estratégia, já que até pouco tempo a condução militar dos talibãs era de responsabilidade dos comandantes locais, destaca o Wall Street Journal, que cita como fontes funcionários do governo dos Estados Unidos e insurgentes no Afeganistão.

Omar, que preside um conselho de liderança talibã, comandava a arrecadação de recursos, a direção religiosa e a assessoria estratégica dos combatentes.

Mas desde o início do ano, ele ordenou uma série de ataques suicidas e assassinatos no sudeste e leste do Afeganistão, o que pressagia o início de uma fase sangrenta da guerra que a coalizão liderada pelos Estados Unidos executa neste país, completa o WSJ.

Washington lidera uma coalizão internacional que, no fim de 2001, invadiu o Afeganistão e derrubou o regime fundamentalista talibã, que controlava a maior parte do país.

No entanto, os talibãs se reforçaram em várias regiões e a violência insurgente se intensificou nos últimos dois anos, apesar da mobilização de 70.000 soldados estrangeiros em todo o território afegão.

mk/fp

    Leia tudo sobre: iG

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG