Mugabe perde a maioria no Parlamento do Zimbábue

O presidente do Zimbábue, Robert Mugabe, e seu partido, o Zanu, perderam hoje a maioria no Parlamento - o que intensificou a pressão da oposição, que alega ter vencido também na disputa presidencial. De acordo com resultados oficiais das eleições gerais de sábado, os opositores já conseguiram 105 assentos no Parlamento, enquanto o Zanu ficou com 94, de um total de 210 cadeiras possíveis.

Agência Estado |

Enquanto o povo aguarda o governo divulgar ao menos os resultados iniciais da votação para presidente, a oposição declarou oficialmente hoje que venceu a disputa. Segundo uma apuração paralela feita pelo opositor Movimento pela Mudança Democrática (MMD), seu candidato - Morgan Tsvangirai - obteve 50,3% dos votos e por isso venceu no primeiro turno. Mugabe, que controla o país há 28 anos, teria conseguido 43,8%, e Simba Makoni, também da oposição, 5,9%.

Considerado o último grande ditador africano, Mugabe é acusado de manipular eleições anteriores, promover a violência e perseguir a oposição. Suas políticas econômicas nos últimas anos obrigaram o país a enfrentar desafios como uma inflação anual que ultrapassa os 100.000% ao ano.

    Leia tudo sobre: iG

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG