Mugabe afirma que não existe mais cólera no Zimbábue

O presidente do Zimbábue, Robert Mugabe, afirmou nesta quinta-feira que não existe mais cólera no país, porque os médicos controlaram o foco, apesar do balanço da ONU de que quase 800 pessoas morreram nos últimos meses pela doença.

AFP |

"Estou feliz em dizer que nossos doutores receberam a ajuda de outros e da Organização Mundial da Saúde (...), assim não há mais cólera", afirmou em um discurso exibido na televisão.

Mugabe também criticou os pedidos de renúncia feitos por Gordon Brown, primeiro-ministro da Grã-Bretanha, antiga potência colonial, pelo presidente americano George W. Bush.

"Por causa do cólera, Brown quer uma intervenção militar" disse. "Bush quer uma intervenção militar pelo cólera", acrescentou.

"Não há mais motivo para uma guerra. A desculpa do cólera já não existe", completou.

Segundo a OMS, a epidemia de cólera no Zimbábue já provocou pelo menos 775 mortes.

str-gs/fp

    Leia tudo sobre: iG

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG