O presidente do Zimbábue, Robert Mugabe, afirmou neste sábado que a oposição jamais governará o país enquanto ele estiver vivo e disse que está disposto a entrar em guerra, a menos de duas semanas do segundo turno da eleição presidencial.

"Que este país caia nas mãos de traidores enquanto estivermos vivos é impossível. Isto jamais acontecerá", disse Mugabe durante o enterro de um ex-combatente da guerra de independência dos anos 70.

"Estamos dispostos a lutar por este país e a entrar em guerra por ele", acrescentou o chefe de Estado.

Mugabe foi derrotado no primeiro turno pelo líder opositor Morgan Tsvangirai, que no entanto não alcançou a maioria absoluta dos votos. Os dois disputarão um segundo turno no dia 27 de junho.

O presidente, de 84 anos, no poder desde 1980, acusa os adversários de traição a serviço da antiga potência colonial britânica.

gm-chp/fp

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.