Mudanças na Constituição parecem reforçar autoridade de Kim Jong-Il

A Coreia do Sul está analisando mudanças na Constituição da Coreia do Norte que aparentemente reforçam a autoridade do líder Kim Jong-Il.

AFP |

"O governo obteve o texto completo da Constituição do Norte e está estudando", afirmou a porta-voz do ministério da Unificação, Lee Jong-Ju.

A emissora de rádio Free Asia informou que as modificações, realizadas em abril, parecem reforçar o poder do ditador.

Segundo a emissora, a nova Carta omite pela primeira vez o termo "comunista".

A Coreia do Norte decidiu revisar a Constituição em uma sessão parlamentar presidida em abril pelo líder comunista Kim Jong-Il, em sua primeira aparição em um grande evento desde que sofrera um derrame em agosto de 2008.

lim/fp

    Leia tudo sobre: iG

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG