Mudança climática é responsável pelo surgimento de doenças animais

A mudança climática tem uma notável incidência no surgimento e no ressurgimento de doenças animais, algumas delas transmissíveis ao homem, segundo estudo apresentado nesta segunda-feira em Paris pela Organização Internacional da Saúde Animal (OIE).

AFP |

As três doenças emergentes citadas com maior frequência pelos países membros da OIE, 126 dos quais participaram da pesquisa, são a febre ovina (doença da língua azul), a febre do Vale do Rift e o vírus do Nilo ocidental.

"Cada vez os países atribuem à mudança climática o surgimento de pelo menos uma doença emergente ou reincidente, que afeta ou que tenha afetado seu território", declarou Bernard Vallat, diretor geral da OIE, organização intergovernamental que realiza esta semana sua 77ª assembleia geral.

Segundo o estudo, 71% dos países participantes "se declararam extremamente preocupados com relação ao impacto esperado da mudança climática sobre as doenças animais".

"Para enfrentar esta situação, os 174 Estados membros da OIE defenderam um fortalecimento dos meios para prevenir ou reduzir os efeitos da mudança climática sobre a produção animal e sobre as forças, inclusive as transmissíveis ao ser humano", segundo o comunicado da OIE.

boc/mpf/lm

    Leia tudo sobre: iG

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG