MP de São Paulo quer que Maluf devolva R$ 303 mi aos cofres públicos

São Paulo, 3 ago (EFE).- O Ministério Público do Estado de São Paulo pediu hoje à Justiça uma ação civil pública para que o deputado Paulo Maluf devolva R$ 303 milhões desviados em obras de infraestrutura quando foi prefeito da cidade, entre 1993 e 1996.

EFE |

Parte do dinheiro das obras para o túnel Ayrton Senna e a Avenida Água Espraiada (hoje Avenida Jornalista Roberto Marinho) teria sido desviado para contas pessoais e da família do deputado existentes no exterior.

Os recursos voltavam ao país através da compra de ações da empresa Eucatex, de patrimônio familiar.

Os promotores Silvio Marques e Saad Mazloum disseram no pedido que as construtoras das obras teriam facilitado o desvio do dinheiro, através da contratação duvidosa de serviços de companhias radicadas em paraísos fiscais.

Através da assessoria de imprensa, o deputado negou que ele ou os filhos tenham contas no exterior e que a venda de ações da Eucatex foi aprovada pela Comissão de Valores Mobiliários (CVM). EFE wgm/db

    Leia tudo sobre: iG

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG