O Movimento Internacional da Cruz Vermelha exigiu nesta terça-feira um acesso sem restrições aos feridos na Faixa de Gaza enquanto o presidente do Comitê Internacional da Cruz Vermelho exigiu (CICV), Jakob Kellenberger, visita essa regiao.

"Nós pedimos a todas as partes no conflito, em particular a Israel, que levantem todos os obstáculos à circulaçao das equipes médicas para permitir que cumpram com sua missão vital", explicaram o CICV, a Federaçao Internacional da Cruz Vermelha e do Crescente Vermelho, assim como as Sociedades da Cruz Vermelha em um comunicado conjunto, em que também destacam sua preocupação com a situação da população local.

No último dia 9, o CICV anunciou que reduziria suas atividades depois que um de seus veículos foi alvo de disparos.

at/cn

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.