Teerã, 27 jun (EFE).- O candidato reformista à Presidência do Irã Mir Hussein Moussavi, derrotado nas eleições do último dia 12, rejeitou a comissão política proposta pelo Conselho de Guardiães para investigar os resultados do pleito, considerados por ele como fraudulentos.

EFE jm/bba

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.