O candidato presidencial derrotado e líder das manifestações no Irã, Mir Hossein Moussavi, pediu que seus partidários sejam prudentes, em uma mensagem neste domingo em seu site.

Moussavi, derrotado por Mahmud Ahmadinejad nas eleições de 12 de junho, afirmou, no entanto, que protestar contra a fraude nas eleições é um "direito do povo".

O movimento de protesto iraniano contra o resultados eleitorais deixou pelo menos 10 mortos nos últimos dias.

bur-pcl/cn

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.