Moussavi não reconhece legitimidade da reeleição de Ahmadinejad

Teerã, 1 jul (EFE).- O principal candidato derrotado nas eleições presidenciais de 12 de junho no Irã, Mir Hussein Moussavi, afirmou hoje que não reconhece a legitimidade da reeleição do presidente Mahmoud Ahmadinejad, e que seu Governo, por fim, terá que enfrentar sua longa lista de erros.

EFE |

Em um documento divulgado na internet, o ex-primeiro-ministro pede aos iranianos que não percam a esperança, e anuncia a formação de uma plataforma para continuar os protestos dentro da legalidade.

EFE jm-msh/an

    Leia tudo sobre: iG

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG