Moussavi desaconselha seguidores a participar de protestos no Irã

Teerã, 16 jun (EFE).- O líder da oposição iraniana, Mir Hussein Moussavi, aconselhou hoje seus seguidores a não participarem de uma manifestação que tinha sido convocada para não colocar suas vidas em risco.

EFE |

Em comunicado divulgado hoje, a plataforma de Moussavi alerta seus seguidores sobre a possibilidade de que se deparem com grupos "que promovem confrontos".

Moussavi, que denunciou uma fraude em massa nas eleições presidenciais da última sexta-feira, liderou na segunda-feira uma manifestação de mais de um milhão de pessoas para pedir a repetição do pleito.

O ato terminou com choques entre manifestantes e grupos de milicianos islâmicos Basij, aliados ao regime, nos quais pelo menos sete pessoas morreram.

Os protestos, aos gritos de "morte ao ditador" e "abaixo o Governo golpista", se repetem em Teerã desde que, neste sábado, foi anunciada a vitória, por maioria absoluta, do presidente, Mahmoud Ahmadinejad. EFE jm/db

    Leia tudo sobre: iG

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG