Moussa abandona conferência após discutir com Peres sobre processo de paz

Amã, 19 jun (EFE).- O secretário-geral da Liga Árabe, Amre Moussa, abandonou uma sessão da conferência anual com vencedores do Prêmio Nobel, realizada em Petra (Jordânia), após discutir com o presidente israelense, Shimon Peres, sobre o processo de paz no Oriente Médio.

EFE |

Moussa deixou ontem a conferência, após uma discussão com Peres sobre quem teria sido o responsável pelo bloqueio do processo de paz no Oriente Médio.

Peres acusou os países árabes de serem os responsáveis pela paralisia do processo, e culpou o presidente sírio, Bashar al-Assad, de impedir a realização de negociações de paz diretas entre Síria e Israel.

Atualmente, Tel Aviv e Damasco mantêm conversas de paz indiretas, com a mediação da Turquia, após permanecerem tecnicamente em guerra durante mais de três décadas.

Moussa reagiu furioso, e lembrou o fracasso israelense na resposta à iniciativa árabe de paz, adotada pelos países árabes em 2002 em Beirute, e que propõe a normalização das relações com Israel em troca de sua retirada dos territórios árabes ocupados em 1967.

Além disso, Moussa assinalou que a construção contínua de assentamentos israelenses nos territórios palestinos "está mudando a situação demográfica no terreno".

"Não somos capazes de saber aonde vocês querem nos levar", disse Moussa.

O processo de paz no Oriente Médio é um dos principais temas na agenda da conferência com vencedores do Prêmio Nobel, que ocorre na Jordânia, e da qual participam mais de 280 políticos, economistas e acadêmicos, além de 30 homenageados com este prêmio. EFE ajm/gs

    Leia tudo sobre: iG

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG