Mousavi pede greve nacional no Irã caso seja preso

TEERÃ (Reuters) - O candidato derrotado à presidência do Irã Mirhossein Mousavi pediu que os iranianos realizem uma greve nacional se ele for preso pelas autoridades, disse uma testemunha. (NOTA DO EDITOR: a Reuters e outros veículos de comunicação estrangeiros estão sujeitos a restrições determinadas pelo Irã na realização de reportagens, filmagens e fotos em Teerã.)

Reuters |

"Em seu discurso a simpatizantes em Jeyhun (distrito a sudoeste de Teerã), Mousavi pediu que as pessoas realizem uma greve nacional se ele for preso", afirmou a testemunha à Reuters.

Ainda em discurso, Mousavi disse estar pronto para o martírio, afirmou à Reuters um de seus aliados.

"Mousavi disse que está pronto para o martírio e que vai continuar em seu caminho", afirmou o aliado, que pediu para não ser identificado, por telefone de Teerã.

    Leia tudo sobre: iG

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG