TEERÃ (Reuters) - O candidato presidencial derrotado nas eleições presidenciais do Irã, Mirhossein Mousavi, não convocou um protesto no sábado, disse um aliado do político dele à Reuters na sexta-feira. O aliado, que não quis ser identificado, deu a declaração depois de o líder supremo aiatolá Ali Khamenei ter alertado aos que lideram as manifestações nas ruas do Irã, realizadas desde a eleição presidencial de 12 de junho, que serão responsabilizados por qualquer derramamento de sangue.

No protesto em Teerã na quinta-feira, os partidários de Mousavi carregavam cartazes dizendo que voltarão a ocupar as ruas centrais da capital na tarde de sábado.

"Mousavi não tem planos de realizar um ato amanhã nem depois e se decidir realizar um comício será anunciado em seu site na Internet", disse o aliado.

(Reportagem de Parisa Hafezi)

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.