TEERÃ - A decisão final sobre as queixas de fraude apresentadas pela oposição serão conhecidas no final da presente semana, anunciou neste domingo o ministro iraniano de Assuntos Exteriores, Manouchehr Mottaki. Ele voltou a negar as denúncias de fraude da oposição.

Em declarações divulgadas pela televisão estatal, o chefe da diplomacia iraniana assegurou que a investigação avança e demonstra que as irregularidades "são quase zero".

O Conselho de Guardiães, órgão executivo que deve validar o resultado eleitoral, anunciou no sábado que vai recontar 10% das urnas ao acaso e que poderia ter sua sentença definitiva nesta quarta-feira.

A oposição, liderada pelo candidato derrotado Mir Hussein Moussavi, considera a medida insuficiente e exige a repetição do pleito.

Leia mais sobre: Irã

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.