Motorista de carro fúnebre deixa cadáver para beber cerveja

Bogotá, 25 mai (EFE).- Um motorista de uma funerária de Bogotá estacionou o veículo fúnebre com um cadáver e foi beber cerveja em um estabelecimento vizinho, enquanto a família do falecido esperava desconsolada no cemitério, informou hoje a imprensa local.

EFE |

Os parentes de Tito Vásquez, que morreu no sábado, assim como dezenas de amigos, esperaram várias horas no domingo em um cemitério nos arredores de Bogotá para sepultá-lo.

O corpo foi recolhido por um carro fúnebre para ser embalsamado e levado à sala de velórios, "mas nem dom Tito, nem o carro nem o motorista chegaram ao cemitério", informou hoje o jornal "El Tiempo".

Diante da falta de respostas da funerária, alguns dos parentes denunciaram o desaparecimento do cadáver na Procuradoria.

A Polícia informou no domingo à noite que o cadáver de Tito Vásquez tinha sido localizado no carro fúnebre no estacionamento de um hotel em Bogotá.

O motorista da funerária estacionou o veículo no hotel com o corpo de Tito Vásquez e entrou no estabelecimento para beber cerveja.

"Ninguém sabe ainda quais são as condições em que se encontrou o corpo nem qual será o destino do motorista e a indenização que o cemitério pagará pelos prejuízos causados à família do morto", afirma o jornal.

O enterro de Tito Vásquez foi remarcado para hoje, segundo o "El Tiempo". EFE rrm/an

    Leia tudo sobre: iG

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG