Motorista de Bin Laden é levado de Guantánamo para Iêmen

Salim Hamdam, o ex-motorista de Osama bin Laden, condenado em agosto passado nos Estados Unidos a cinco anos e meio de prisão por um tribunal militar, será levado da prisão de Guantánamo para o Iêmen, informou nesta segunda-feira a rede de televisão CNN, que cita várias fontes americanas.

AFP |

Hamdan, um iemenita de cerca de 40 anos, passou sete anos na prisão da base naval americana de Guantánamo, na ilha de Cuba.

Em 7 de agosto passado foi considerado culpado de prestar "apoio material ao terrorismo", mas acabou absolvido da acusação de "complô terrorista".

Hamdan foi condenado no primeiro processo por "crimes de guerra" em um tribunal militar nos Estados Unidos desde o fim da Segunda Guerra Mundial.

O Pentágono não negou ou confirmou a informação: "Geralmente, não falamos das transferências de presos até que sejam concluídas", disse o porta-voz Mark Ballesteros.

lum/LR

    Leia tudo sobre: iG

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG