Motim em penitenciária do Panamá deixa pelo menos 17 feridos

Panamá, 25 ago (EFE).- Um motim na penitenciária de La Joya, localizada na periferia leste da capital panamenha, deixou pelo menos 14 presos e três policiais feridos, confirmou hoje o diretor do Sistema Penitenciário do Panamá, Luis Gordón.

EFE |

O motim, que foi controlado pela Polícia, ocorreu no domingo à tarde quando as autoridades carcerárias realizavam uma revista no pavilhão cinco da prisão, uma das maiores do país.

Tanto os policiais quanto os presos feridos foram levados para o hospital de Chepo, a 57 quilômetros da capital.

Gordón disse que o motim foi controlado poucas horas depois e que a segurança na prisão foi reforçada para evitar um novo incidente.

Um dos presos atendidos no hospital falou à imprensa que a Polícia utilizou gás lacrimogêneo sem motivo, pois eles realizavam uma partida de basquete entre as galerias A e B do pavilhão cinco do presídio. Disse também que os presos foram violentamente reprimidos pelas unidades policiais sem justificativa. EFE rsm/fh/gs

    Leia tudo sobre: iG

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG