Uma exposição em Berlim traz obras de arte contemporânea inspiradas em atentados extremistas realizados em anos recentes. Intitulada Embedded Art, a mostra reúne 30 trabalhos que giram em torno do tema segurança e mostram como os artistas vêem a sociedade depois de atentados ocorridos em diversos países.

O título da mostra é uma referência aos chamados "embedded journalists" da guerra do Iraque - o termo em inglês denomina os jornalistas que viram o conflito de perto "embutidos" em tropas americanas.

Para desenvolver os trabalhos, artistas de vários países chegaram a visitar locais de atentados em cidades como Nova York, Londres, Madri, Moscou e Karachi, no Paquistão.

O resultado são obras sombrias que giram em torno do medo causado pelos atentados e do forte apelo por mais segurança no mundo atual.

Entre os trabalhos expostos na Academia das Artes em Berlim estão telas, pinturas murais, instalações de vídeo, colagens, fotografia e também pôsteres que foram espalhados por toda a cidade de Berlim.

As obras mostram desde um filme sobre o treinamento da polícia alemã até uma central de observação estilizada, "monstros" representando o medo da população e uma instalação de áudio que demonstra o uso de armas com ondas sonoras.

Os organizadores da mostra dizem que a segurança virou "a ideologia da sociedade atual" e é um tema que divide a opinião pública, já que exige um maior controle de cada indivíduo por parte do Estado.

Embedded Art fica em cartaz na Academia das Artes em Berlim até o dia 23 de março de 2009.

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.