Publicidade
Publicidade - Super banner
Mundo
enhanced by Google
 

Mostra fotográfica revive carreira de Richard Avedon

Um museu em Berlim expõe, pela primeira vez na Alemanha, uma ampla retrospectiva do fotógrafo de moda Richard Avedon. A mostra, intitulada Richard Avedon - Fotografias 1964-2004, vai até dia 19 de janeiro e reúne no museu Martin-Gropius-Bau mais de 200 trabalhos do americano, morto em 2004 aos 81 anos.

BBC Brasil |

O artista se tornou conhecido no começo dos anos 50, fotografando moda e foi um dos primeiros a levar a foto de moda dos estúdios para ambientes cotidianos e inusitados.

É dessa época sua foto da modelo Dovima dentro de uma jaula de elefantes de circo. Vestida com um vestido Dior, ela posa em frente a animais acorrentados.

Avedon se especializou em retratos e trabalhou, entre outras, para a revista Harper's Bazaar e Vogue. Em 1992 ele assumiu o posto de primeiro fotógrafo da prestigiada revista The New Yorker.

Atores famosos, líderes políticos, músicos e escritores posaram para as lentes de Avedon. A lista inclui nomes como Audrey Hepburn, Humphrey Bogart, Henry Kissinger, os Beatles, Igor Strawinsky, Samuel Beckett e Janes Joplin.

Na exibição, os visitantes encontram estrelas em situações poucoconhecidas: uma melancólica Marilyn Monroe, uma esquálida Katharine Hepburn, uma pequena Marguerite Duras.

Charles Chaplin brincou de diabo, fazendo chifres com os próprios dedos.Produzida em 1952, a foto marca a despedida do cineasta dos Estados Unidos, quando o país se encontrava em plena febre da caçada aos comunistas.

Queda do Muro
Mas o americano soube deixar de lado o brilho das celebridades e também mirou suas objetivas nos cidadãos simples.

Os retratos da série The American West, feita por Avedon nos anos 80 no oeste dos Estados Unidos, são um exemplo disso. Ao invés de retratar o oeste mítico dos filmes de faroeste, o artista escolheu o rosto proletário da região: mineiros sujos de carvão, petroleiros com uniformes enlambuzados de óleo e desempregados de rostos tristes.

Também pode ser vista na exposição a histórica série de fotografias Brandenburg Gate, sobre a noite de réveillon de 1989 em Berlim. Na virada do ano, os alemães celebraram a queda do Muro, ocorrida dois meses antes.

Na ocasião, Avedon viajou à Alemanha esperando encontrar uma população radiante e alegre. Seus instantâneos, entretanto, revelam uma atmosfera caótica e confusa, feições tensas e desfocadas, cidadãos bêbados, de olhares perplexos.

Leia tudo sobre: iG

Notícias Relacionadas


Mais destaques

Destaques da home iG