Mostra em Paris relembra vida de Grace Kelly

Uma exposição em Paris reúne fotos e objetos pessoais da princesa Grace Kelly de Mônaco, que mostram as diferentes fases da sua vida. Entre os objetos em cartaz na mostra Os Anos Grace Kelly está o vestido de casamento da atriz, uma estatueta do Oscar e fotos de eventos que marcaram a vida da princesa.

BBC Brasil |

A exposição, em cartaz na Prefeitura de Paris, foi exibida no ano passado no principado para marcar os 25 anos da morte da princesa. O evento atraiu 135 mil pessoas. Paris é a primeira etapa internacional da mostra.

A exposição conta com diferentes espaços, dividos com nomes como "Filadélfia", "Hollywood" e "Casamento", que recriam os momentos importantes da vida da princesa.

Fotos de família ou tiradas por grandes fotógrafos internacionais, como Cecil Beaton e Irving Penn, revelam os diversos aspectos do "mito Grace Kelly": de modelo e estrela de cinema à princesa e mãe.

Cinema
O cinema tem grande destaque na exposição, que traz trechos de filmes estrelados por Grace Kelly, além de contratos, pôsteres e roteiros.

Grace Kelly nasceu em 1929, filha de uma família tradicional da Filadélfia. No final dos anos 40, ela estudou arte dramática em Nova York, onde trabalhou como modelo em anúncios publicitários para pagar seus estudos.

Após algumas aparições no teatro e em programas na TV, sua carreira começou a despontar, em 1952, com o filme Matar ou Morrer, de Fred Zinnemman, estrelado por Gary Cooper.

Uma parte importante da carreira de Grace Kelly no cinema está representada na mostra com a estatueta do Oscar de melhor atriz, recebido em 1955 pela atuação no filme Amar é Sofrer, de George Seaton. Além da estátua, a mostra exibe ainda o vestido usado por Kelly na cerimônia de entrega do prêmio.

Trabalhando com o diretor Alfred Hitchcok, Kelly se tornou ainda mais famosa mundialmente. Ela estrelou papéis de destaque em filmes que entraram para a história do cinema, como Disque M para Matar e Janela Indiscreta, ambos de 1954.

A exposição também apresenta cartas enviadas a Grace Kelly por Hitchcock, Cary Grant, Maria Callas e Jacqueline Kennedy.

Princesa
Grace Kelly conheceu o príncipe Rainier durante uma visita ao Palácio de Mônaco para a realização de uma reportagem organizada pela revista Paris Match, em 1955. Na ocasião, a atriz participava do Festival de Cinema, em Cannes.

Seu casamento, em abril de 1956, teve ampla repercussão na imprensa do mundo todo.

Desse período da vida de Grace Kelly, a mostra exibe inúmeras jóias da princesa, entre elas seu anel de noivado.

Roupas, objetos pessoais e acessórios também fazem parte da exposição. Entre eles, a famosa bolsa Kelly, da grife Hermès, em homenagem à princesa. A bolsa Kelly se tornou um um ícone no mundo da moda.

A exposição Os Anos Grace Kelly Princesa de Mônaco fica em cartaz na prefeitura de Paris até 16 de agosto.

    Leia tudo sobre: cinemaexposiçãograce kelly

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG