A promotoria russa prometeu transmitir imediatamente à Varsóvia uma primeira parte das 500 páginas de documentos referentes à investigação sobre as causas do acidente do avião presidencial polonês na Rússia." /

A promotoria russa prometeu transmitir imediatamente à Varsóvia uma primeira parte das 500 páginas de documentos referentes à investigação sobre as causas do acidente do avião presidencial polonês na Rússia." /

Moscou transmitirá à Varsovia investigação sobre queda do avião presidencial

A promotoria russa prometeu transmitir imediatamente à Varsóvia uma primeira parte das 500 páginas de documentos referentes à investigação sobre as causas do acidente do avião presidencial polonês na Rússia.

AFP |

A promotoria russa prometeu transmitir imediatamente à Varsóvia uma primeira parte das 500 páginas de documentos referentes à investigação sobre as causas do acidente do avião presidencial polonês na Rússia.

O procurador-geral da Polônia, Andrzej Seremet, informou que esses documentos contêm as necropsias das vítimas e entrevistas com testemunhas, entre as quais os responsávies pela torre de controle do aeroporto de Smolensk, onde ocorreu a catástrofe.

A oposição conservadora polonesa pediu na véspera que Varsóvia se encarrega da investigação, denunciando falhas nos trabalhos russos, uma acusação rejeitada pelo primeiro-ministro Donald Tusk.

O presidente Lech Kaczynski, sua esposa e outras 94 pessoas, entre elas inúmeros chefes políticos e militares poloneses, morreram no acidente de avião em 10 de abril.

mrm/cn

    Leia tudo sobre: iG

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG