Moscou pede reconhecimento das regiões rebeldes georgianas

Outros países, além da Nicarágua, deveriam seguir a Rússia e reconhecer as regiões separatistas georgianas da Abkhazia e Ossétia do Sul como Estados independentes, afirmou o ministério russo das Relações Exteriores.

AFP |

"Uma ampliação do processo de reconhecimento internacional da Abkhazia e Ossétia do Sul contribuiria, sem dúvidas, para reforçar mais a paz e a segurança na região", afirma a chancelaria em um comunicado.

O comunicado, divulgado pouco antes do primeiro aniversário da controversa decisão de Moscou de reconhecer a independência dos territórios rebeldes, recorda que apenas a Nicarágua se uniu a Moscou no reconhecimento.

A decisão da Rússia de reconhecer Abkhazia e Ossétia do Sul em 26 de agosto de 2008, em consequência de sua guerra com a Geórgia, foi condenada pela comunidade internacional, que considera as regiões parte do território da Geórgia.

ao/fp

    Leia tudo sobre: iG

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG