Tamanho do texto

A decisão precipitada de Estados Unidos e Polônia de fechar um acordo para a instalação do escudo antimísseis americano mostra que esse sistema é dirigido contra a Rússia, afirmou nesta sexta-feira uma fonte do ministério russo das Relações Exteriores que pediu anonimato.

"Naturalmente, levando em conta seu conteúdo e a precipitação, as condições nas quais foi assinado (...), tudo isso mostra mais uma vez que esse projeto não tem qualquer relação com a ameaça dos mísseis iranianos, e que é, sim, dirigido contra a Rússia", disse o alto funcionário da chancelaria à agência Interfax.

Estados Unidos e Polônia fecharam na quinta-feira um acordo sobre a instalação de partes do escudo de proteção antimísseis americano na Europa, que certamente aumentará ainda mais a tensão entre a Rússia e o Ocidente.

vl/ap/fp

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.