Moscou enfrenta a maior nevasca desde 1966

Moscou, capital da Rússia, enfrenta nos últimos dias a maior nevasca desde 1966, com áreas com até 63 centímetros de neve, mas o transporte ferroviário e aéreo não foi prejudicado.

EFE |

A neve não para de cair na capital russa desde sexta-feira e os serviços de limpeza trabalham 24 horas por dia. Segundo as previsões meteorológicas, a camada de neve que cobre a capital superará 70 centímetros nesta segunda-feira.


Moscou amanheceu coberta de neve nesta segunda-feira / Reuters

Como é habitual, onde se acumula mais neve é nos parques, o que é aproveitado por muitos moscovitas para praticar esqui ou improvisar as tradicionais guerras de bola de neve.

A prefeitura recomendou que os moradores de Moscou deixem o carro em casa para evitar acidentes.

Apesar da grande quantidade de neve, a cidade não deve sofrer muito com os acidentes porque é feriado na capital russa.

Leia mais sobre Moscou

    Leia tudo sobre: moscou

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG