Moscou diz que saída de tropas de paz russas reativará conflito na Abkházia

Moscou, 17 jun (EFE).- O Ministério de Assuntos Exteriores da Rússia advertiu hoje a Geórgia que uma eventual saída das tropas de paz russas destacadas na região do conflito entre este país e a Abkházia conduzirá inevitavelmente à reativação do mesmo.

EFE |

"Quando falam da possibilidade do fim da operação de paz na zona do conflito georgiano-abkhaziano, as autoridades da Geórgia devem estar conscientes de que esse passo insensato agravará inevitavelmente a situação e descongelará o conflito", afirmou o porta-voz da Chancelaria russo, Andrei Nesterenko.

O representante da diplomacia russa recalcou que semelhante desenvolvimento dos eventos ameaça "deixar fora de controle a situação em todo o Cáucaso".

"Nesse caso toda a responsabilidade recairá sobre as autoridades de Tbilisi e sobre aqueles que fecham os olhos à perigosa política que estas desenvolvem", disse Nesterenko, citado pelas agências russas.

O presidente da Geórgia, Mikhail Saakashvili, defende a substituição das forças de paz russas deslocadas na zona de conflito por destacamentos policiais da União Européia (UE).

A postura de Saakashvili tem o respaldo da UE e da Otan. EFE bsi/ma

    Leia tudo sobre: iG

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG