Moscou critica acordo de escudo antimísseis assinado por EUA e República Tcheca

A secretária de Estado norte-americana, Condoleezza Rice, e seu colega tcheco, Karel Schwarzenberg, assinaram nesta terça-feira em Praga um acordo bilateral de defesa antimísseis que prevê a instalação de um radar norte-americano em solo tcheco.

AFP |

Os Estados Unidos querem que o radar, conectado a um interceptor de mísseis na vizinha Polônia, sirva para conter a ameaça de um eventual ataque de alguns Estados considerados perigosos como o Irã.

Os planos de Washington para instalar esse escudo antimísseis em dois países que faziam parte da área de influência soviética suscitaram a oposição da Rússia, que o vê como uma ameaça a sua própria segurança.

O Ministério das Relações Exteriores da Rússia considerou que esse acordo "complica" a segurança mundial.

"Acaba de ser dado um passo anunciado há tempos, e no nosso ponto de vista, não acrescenta em nada para a segurança no continente europeu. Além disso, complica os problemas de segurança em escala mundial", disse à agência de notícias Interfax um alto funcionário do ministério.

O acordo com Praga deve ser submetido agora à votação do Parlamento tcheco.

ckj/dm

    Leia tudo sobre: iG

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG