A Rússia condenou firmemente nesta sexta-feira o atentado de quarta-feira contra a embaixada dos Estados Unidos em Sanaa, a capital do Iêmen, que matou 16 pessoas, entre elas um americano.

"Condenamos firmemente as ações terroristas, venham de onde venham", declarou o porta-voz da chancelaria russa, Andrei Nesterenko, citado pela agência Ria Novosti.

O atentado, cometido com um carro-bomba, deixou 16 mortos, seis atacantes, seis militares e quatro civis, segundo o ministério do Interior do Iêmen.

"Este ataque não tem nenhuma justificativa e suscita cólera e condenações legítimas", declarou Nesterenko à imprensa.

"Para a Rússia, o que acaba de acontecer nos lembra que a comunidade internacional está em estado de guerra contra o terrorismo internacional", disse o porta-voz.

uh/lm

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.