Genebra, 6 fev (EFE).- Os mortos por causa do cólera no Zimbábue já são 3.

371, informou hoje a Organização Mundial da Saúde (OMS), ressaltando que a epidemia ainda não pode ser controlada e que a tendência é de que o número de casos aumente.

O porta-voz do órgão, Paul Garwood, especificou que são 67.945 as pessoas contagiadas desde agosto, quando explodiu a epidemia.

Apesar disso, houve, segundo ele, uma leve melhoria na porcentagem de vítimas fatais, que caiu para 3,9%, quando era de 4,5% de na semana passada.

"Em locais como centros de tratamento do cólera, hospitais ou outros estabelecimentos de saúde, esse índice é de 1,4%, sendo muito mais elevado entre pessoas infectadas que não têm acesso atendimento especializado, informou o porta-voz.

"Em qualquer caso, a mortalidade permanece muito acima do padrão internacional de mortos em epidemias de cólera, que é de 1%", lembrou.

Só na última semana, a doença matou 210 pessoas e os casos aumentaram em 7.544. EFE is/jp

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.