Mortos pela gripe na Argentina sobem para 26

Buenos Aires, 26 jun (EFE).- O total de mortos na Argentina pela gripe suína chegou a 26, depois da confirmação de três novas mortes pela doença hoje, enquanto o número de contagiados pelo vírus AH1N1 chegou a 1.

EFE |

587, informaram fontes oficiais.

O Ministério argentino de Saúde assegurou em comunicado que houve 99 novos casos positivos hoje, enquanto outras 967 amostras seguem em estudo.

A Argentina anunciou hoje medidas de prevenção contra o vírus AH1N1 nas eleições legislativas deste domingo perante o temor de que a participação eleitoral seja afetada pela doença.

Nas "zonas de risco" serão distribuídos "álcool em gel e lenços umedecidos" para molhar o dedo usado para contar os envelopes de votação sem usar a saliva, disse o titular da Direção Nacional Eleitoral, Alejandro Tullio.

Segundo versões divulgadas pela imprensa, o Governo analisa a possibilidade de declarar emergência sanitária após as eleições de domingo e, nesse caso, a última rodada do Torneio Clausura de futebol, no fim de semana seguinte, seria a portas fechadas.

Apesar do nome, a gripe suína não apresenta risco de infecção por ingestão de carne de porco e derivados. EFE ms/db

    Leia tudo sobre: iG

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG