Mortos na ruptura de represa na Indonésia sobe para 93

A ruptura de uma represa num lago artificial na sexta-feira na Indonésia deixou pelo menos 77 mortos e cem desaparecidos em um subúrbio de Jacarta, segundo novas estimativas das autoridades divulgadas neste domingo.

AFP |

As águas inundaram centenas de casas na periferia de Jacarta, pegando seus moradores desprevenidos.

Autoridades indicaram que é provável que o número de vítimas aumente à medida que avancem as operações de busca.

Cerca de 500 casas ficaram inundadas total ou parcialmente. A represa ficou completamente vazia e a água chegou a seis metros de altura nas áreas mais afetadas, indicou à AFP Danang Susanto, funcionário do Ministério da Saúde.

O nível da água enlameada aumentou subitamente entre um metro e meio e dois metros nas áreas residenciais de Cirendeu e Tangerang (sul de Jacarta), muito povoadas e com um grande número de casas frágeis, segundo testemunhos dos vizinhos. A maioria das pessoas dormia no momento do ocorrido.

Antes do rompimento da represa, houve muita chuva e ventos fortes, segundo as autoridades.

As inundações e deslizamentos de terra são comuns na Indonésia durante a estação das chuvas de monção, que corresponde ao inverno no hemisfério norte. Os danos são agravados pela falta de investimentos e pela falta de manutenção das infraestruturas.

bur-jri/dm/cn

    Leia tudo sobre: iG

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG