Mortos em terremoto na Indonésia já são 46

O violento terremoto que sacudiu a ilha de Java na quarta-feira já deixou 46 mortos confirmados e mais de 300 feridos, mas dezenas de pessoas continuam desaparecidas. As operações de busca continuam na cidade de Cianjur para tentar encontrar sobreviventes de um deslizamento provocado pelo tremor de 7 pontos na escala Richter.

BBC Brasil |

As autoridades indonésias enviaram máquinas pesadas para ajudar nas buscas que vêm sendo realizadas por policiais, militares e até moradores, que na falta de equipamentos, usam as próprias mãos para escavar os escombros.

AFP

População de vilarejo observa resgate de corpos

Milhares de prédios ruíram nas cidades Cianjur, que fica cerca de 100km ao sul da capital da Indonésia, Jacarta, e Tasikmalaya.

Por causa disso, o porta-voz da Agência de Mitigação de Desastres do país, Priyadi Kardono, afirmou que o número de mortos pode "mudar significativamente", de acordo com a agência de notícias Reuters.

O abalo de 7 graus na escala Richter chegou a acionar um alerta para o risco de formação de tsunamis na região.

O tremor abalou estruturas de prédios na cidade universitária de Bandung - próxima ao epicentro - e foi sentido também na capital indonésia, Jacarta (a 200 quilômetros ao norte).

Alguns dos mortos foram vítimas de um deslizamento de pedras em Bandung. Outros perderam a vida quando prédios desabaram no distrito de Cianjur, em Tasikmalaya, e na cidade de Sukabumi.

'Anel de fogo'

O epicentro do terremoto foi no mar, a cerca de 115 quilômetros a sudoeste de Tasikmalaya, a uma profundidade de cerca de 50 quilômetros.

O Centro de Pesquisas Geológicas dos EUA primeiramente afirmou que o tremor atingiu 7,4 graus na escala Richter, mas logo depois revisou para 7 a intensidade do terremoto. O alerta de tsunami foi suspenso logo depois do terremoto.

Sismologistas detectaram um leve aumento do nível do mar em Pelabuhan Ratu, a oeste de Java, indicando que houve um pequeno tsunami no local.

Em dezembro de 2004, um terremoto na costa de Sumatra, na Indonésia, detonou uma tsunami que matou mais de 200 mil pessoas na Ásia.

A Indonésia está localizada na área conhecida como Anel de Fogo, no Pacífico, uma das áreas onde mais ocorrem terremotos e atividade vulcânica no mundo.

Leia mais sobre: terremotos

    Leia tudo sobre: indonésiaterremototerremotos na indonésia

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG