Porto Príncipe, 27 jan (EFE).- O presidente do Haiti, René Préval, disse hoje que, até agora, quase 170 mil corpos foram recolhidos na capital do país, devastado por um terremoto em 12 de janeiro.

Em uma entrevista coletiva, o chefe de Estado atualizou o total de corpos recolhidos após o tremor de 7 graus na escala Richter e destacou os esforços realizados nos últimos 15 dias para limpar as ruas e liberar o tráfego.

Segundo estimativas oficiais, o terremoto do dia 12 deixou mais de 170 mil mortos, cerca de 200 mil feridos e três milhões de desabrigados, metade dos quais ficou sem casa.

Também em entrevista coletiva, o primeiro-ministro haitiano, Jean-Max Bellerive, disse hoje que serão necessários pelo menos quatro ou cinco anos para que o país volte a ser o que era em 11 de janeiro de 2010. EFE fjo/sc

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.