Mortos em incêndio em creche no México chegam a 49

México, 28 jul (EFE).- O menino mexicano Juan Carlos Rascón, de 3 anos, morreu hoje um hospital dos Estados Unidos onde era atendido por queimaduras, o que eleva para 49 o número de crianças mortas no incêndio em uma creche da cidade de Hermosillo, norte do México, em 5 de junho, informaram fontes oficiais.

EFE |

O menor morreu no Hospital Shriners da cidade americana de Sacramento, Califórnia, informou o Instituto Mexicano do Seguro Social (IMSS), ao qual pertence a creche ABC de Hermosillo, estado de Sonora, onde ocorreu a tragédia.

O IMSS expressou em comunicado seus "pêsames aos pais do menor".

Em 5 de junho, um incêndio em uma adega da Secretaria de Fazenda do estado de Sonora se estendeu à creche ABC, onde 44 pessoas morreram e e outras 47 ficaram feridas, mas o número de mortos aumentou para 49 devido a mortes posteriores em hospitais.

Até agora 28 funcionários da Secretaria de Fazenda e do IMSS em Sonora foram acusados, alguns dos quais já foram detidos. EFE jrm/db

    Leia tudo sobre: iG

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG