Mortos em acidente aéreo em Madri chegam a 146

Madri, 20 ago (EFE) - Pelo menos 146 pessoas morreram hoje no acidente aéreo ocorrido hoje em Madri, à espera de que se confirme o número total de passageiros que estavam na aeronave, segundo fontes dos serviços de emergência.

EFE |

A ministra de Fomento espanhola, Magdalena Álvarez, informou à imprensa que no avião acidentado viajavam 173 pessoas - 166 passageiros e 7 tripulantes - e que 26 pessoas foram atendidas pelos serviços de emergência.

Os trabalhos de resgate continuam, segundo a ministra, que deu uma breve entrevista coletiva no aeroporto, acompanhada dos titulares de Interior, Justiça e Trabalho, e pelo prefeito de Madri.

Segundo Álvarez, das 26 pessoas que foram resgatadas com vida do avião e transferidas a diferentes centros médicos, 11 já foram identificadas.

Os corpos estão sendo levados ao instituto médico legal de Madri, onde um grupo de legistas, especialistas em exames de DNA, fará as identificações.

A prioridade é o atendimento aos parentes e aos feridos, segundo a ministra de Fomento.

Desde que aconteceu o acidente, pouco antes das 15h (10h em Brasília), foi implementado um plano de emergência no aeroporto que, segundo Álvarez, funcionou com "muita eficácia".

Espera-se a chegada a Barajas do presidente do Governo, José Luis Rodríguez Zapatero, que interrompeu suas férias por causa do acidente.

nac/db

    Leia tudo sobre: iG

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG