Mortes por gripe suína no México chegam a 66

Os mortos pela gripe suína no México chegaram a 66 depois da confirmação de mais dois óbitos, no dia 10 de maio, enquanto o número de pessoas infectadas pelo vírus H1N1 soma 2.829, informou nesta sexta-feira o ministro da Saúde, José Angel Córdova.

AFP |

Temos "2.895 casos confirmados, entre eles 66 mortes", enquanto as outras 2.829 pessoas conseguiram sobreviver ao H1N1, vírus causador da gripe suína, indicou Córdova em uma entrevista coletiva à imprensa.

"A curva da distribuição das pessoas falecidas mantém a mesma disposição, o maior número no dia 25 de abril, a última morte no dia 10 de maio e a primeira no dia 10 de abril", acrescentou o ministro mexicano.

sem/dm

    Leia tudo sobre: iG

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG