Mortes por gripe A sobem para 13.550, diz OMS

Genebra, 15 jan (EFE).- O número de mortes por causa da gripe A chegou a 13.

EFE |

550, das quais 7 mil ocorreram na América, 2,8 mil na Europa e o resto em outras regiões, informou hoje a Organização Mundial da Saúde (OMS).

A maior transmissão do vírus A(H1N1) vem se registrando na Europa Oriental, no norte da África e no sul da Ásia, segundo o último relatório semanal do organismo sobre a evolução da doença.

Na Europa, a gripe continua se alastrando por todo o continente, especialmente na Romênia, Ucrânia, Suíça e Turquia, países onde, segundo o organismo, constata-se uma forte incidência de doenças respiratórias severas.

No entanto, a OMS ressaltou que, desde novembro, os contágios desse vírus na Europa tenderam a cair.

No norte da África, as "limitadas" informações que o organismo assegura ter evidenciam que a transmissão da gripe A persiste em toda a região, principalmente no Marrocos, Argélia e Egito.

Com relação ao sul da Ásia, as zonas norte e leste do subcontinente continuam sofrendo com os contágios, sobretudo no Nepal, onde se registrou um aumento das transmissões em dezembro e janeiro, enquanto na Índia o pico de contágios ocorreu em meados de dezembro.

Da mesma maneira, o organismo admitiu que o número de novos casos caiu desde meados de novembro no continente americano, no Japão e na China, assim como na Europa. EFE rcb/sa

    Leia tudo sobre: iG

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG