Mortes por cólera no Haiti passam de 2 mil

Ao menos 2.071 morreram vítimas de epidemia da doença que contaminou mais de 91 mil haitianos

iG São Paulo |

Mais de 2 mil pessoas morreram por causa da cólera no Haiti. A epidemia da doença fez ao menos 2.071 vítimas no país caribenho, segundo dados do último relatório sobre a evolução da doença, publicado nesta segunda-feira.

AP
Garoto haitiano com cólera é atendido em clínica na capital Pronto Prínxipe
De acordo com números oficiais, mais de 91,7 mil haitianos foram contaminados pela doença. Desse total, 43.243 foram hospitalizadas e 41.806 receberam alta.

Com 791 mortes, o departamento de Artibonite é o mais atingido pela epidemia, seguido do Norte, com 368, e do Oeste, que inclui a capital Porto Príncipe, com 319 vítimas.

Região

Na República Dominicana, separada do Haiti por uma fronteira de mais de 300 quilômetros, foram identificados 16 casos de cólera, mas nenhuma morte. O último caso registrado foi o de um motorista de 39 anos que tem contato frequente com haitianos que cruzam a fronteira.

Na semana passada, a República Dominicana iniciou uma campanha nacional de luta contra a cólera, na qual está prevista a visita a 1 milhão de famílias para oferecer informação preventiva sobre a doença.

*Com AP e EFE

    Leia tudo sobre: haiticóleraepidemia

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG