Um soldado britânico morreu em uma explosão na passagem de sua patrulha pelo sul do Afeganistão, elevando a 201 o número de militares do país mortos no conflito, anunciou neste domingo o ministério da Defesa, um dia depois de superar o limite simbólico das 200 baixas.

O soldado, que pertencia ao Segundo Batalhão do Regime Real dos Fuzileiros, morreu em consequência dos ferimentos sofridos em uma explosão no sábado à noite durante uma patrulha a pé em Sangin, norte da província meridional de Helmand.

lv/fp

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.