Morte de Ruth Cardoso repercute na imprensa internacional

A imprensa internacional repercutiu a morte da ex-primeira-dama do Brasil, Ruth Cardoso, falecida aos 77 anos, vítima de um infarte na noite desta terça-feira.

Redação |

O jornal espanhol El Mundo informou a morte de Ruth e a destacou como uma lutadora social incansável e uma das mentes mais brilhantes do Brasil.

O britânico Herald Tribune também noticiou a morte da ex-primeira-dama e a destacou como uma mulher popular no maior país da América Latina. O espanhol El País, noticiou a morte e colocou uma fala do presidente do Brasil, Luiz Inácio Lula da Silva, expressando seu pesar pela morte da Antropóloga.

A mídia Sul-americana também destacou a morte de Ruth Cardoso. O venezuelano El Nacional, também citou uma declaração do presidente Lula, seguindo a mesma linha do peruano El Comércio e dos chilenos La Tercera e El Mercúrio.

Ruth era antropóloga e ficou conhecida nacionalmente pelos projetos sociais que participava na gestão presidencial de seu marido, Fernando Henrique Cardoso, entre 1995 e 2003.

O velório da ex-primeira-dama está previsto para começar 11h desta quarta-feira  na Sala São Paulo e deverá permanecer até as 21h.

Leia mais sobre: Ruth Cardoso

    Leia tudo sobre: chileespanhavenezuela

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG