Morte de criança eleva a 13 vítimas da gripe no Chile

Santiago do Chile, 29 jun (EFE).- Uma criança de 11 anos, que morreu na região sulina chilena de Bío-Bío, se tornou a 13ª vítima da gripe suína no país, como informaram hoje fontes de saúde.

EFE |

O menino morreu no último dia 26 no hospital Las Higueras, do porto de Talcahuano, a 531 quilômetros de Santiago, e nas últimas horas do domingo o Instituto de Saúde Pública confirmou que estava infectado pelo vírus AH1N1, disse à imprensa Wladimir Hermosilla, diretor do Serviço de Saúde da localidade.

Segundo ele, a criança foi levada na quarta-feira da semana passada com uma síndrome bronquial obstrutiva e, como patologia base, uma doença hereditária que provoca a degeneração dos músculos.

Segundo o último relatório das autoridades, o número de infectados pela gripe chegou a 6.211 no país, a quantidade mais elevada da América do Sul. O inverno favorece a transmissão do vírus.

Apesar do nome, a gripe suína não apresenta risco de infecção por ingestão de carne de porco e derivados. EFE ns/rr

    Leia tudo sobre: iG

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG