"Morte de Bin Laden é importante para futuro de paz", diz Clinton

Para ex-presidente momento é importante para quem quer construir futuro comum de paz, liberdade e colaboração

EFE e AFP |

O ex-presidente dos Estados Unidos Bill Clinton assegurou nesta segunda-feira que a morte de Osama bin Laden é um momento "profundamente importante para as pessoas de todo o mundo que buscam um futuro comum de paz e liberdade".

"Este é um momento profundamente importante não só para as famílias que perderam suas vidas em 11/9 e em outros ataques da Al Qaeda, mas também para as pessoas de todo o mundo que querem construir um futuro comum de paz, liberdade e colaboração para nossos filhos", afirmou Clinton.

Através de um comunicado, o ex-presidente felicitou Barack Obama, à equipe de Segurança Nacional e aos membros das Forças Armadas americanas que "levaram Osama bin Laden perante a justiça depois de mais uma década de ataques assassinos da Al Qaeda".

Clinton fez estas declarações minutos depois que Obama anunciou a morte do terrorista mais procurado do mundo em um pronunciamento na Casa Branca. Obama afirmou que - após ter recebido informações de inteligência confiáveis sobre o lugar onde se encontrava Bin Laden, no Paquistão - na semana passada deu a ordem de atacar e neste domingo "um pequeno grupo" americano conduziu a operação, na qual, após uma troca de tiros, o líder terrorista foi morto.

O primeiro-minstro britânico David Cameron também se pronunciou sobre a morte do terrorista e considerou a notícia um "grande alívio para as pessoas do mundo todo".

"Osama Bin Laden era responsável pelas piores atrocidades terroristas no mundo: o 11 de setembro e tantos outros atentados que custaram milhares de vida, incluindo inúmeros britânicos", declarou Cameron, em comunicado de sua assessoria.

    Leia tudo sobre: EUAterrorismoBin LadenClinton

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG