Morte de 2 crianças em 72 horas causa alarme na Argentina

Buenos Aires, 2 fev (EFE).- A morte de duas crianças em 72 horas por uma doença provocada pela mesma bactéria que causa a meningite alarmou um povoado da Argentina, cujas autoridades criaram um comitê para enfrentar a situação, informaram hoje fontes oficiais.

EFE |

A morte de uma criança de 9 anos e de outra de 7 na semana passada por um quadro de meningococcemia gerou preocupação em Arata, um povoado de 1.300 habitantes situado na província de La Pampa (centro).

Como consequência, as autoridades provinciais criaram um plano de crise, reforçaram a equipe médica da região e iniciaram uma campanha de vacinação da população, indicaram os porta-vozes.

"Há uma psicose muito generalizada. O povo está consternado e aterrorizado. Estas crianças estavam brincando em um dia e no outro morreram", indicou a diretora do hospital de Arata, Silvana Lluch.

Lluch não descartou a existência de um portador que contagie os demais moradores do povoado, mas reconheceu que "é muito difícil" identificá-lo nesse caso.

A meningococcemia é uma infecção generalizada no sangue que pode ser fulminante. EFE ms/mh

    Leia tudo sobre: iG

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG