Morreu o fotógrafo Willy Ronis aos 99 anos

O francês fotógrafo Willy Ronis morreu neste sábado, em Paris, aos 99 anos, informou a agência de fotografia Rapho, onde trabalhava.

AFP |

Contemporâneo de mestres da fotografia como Robert Doisneau e Henri Cartier-Bresson, Ronis se encontrava muito doente e se deslocava em cadeira de rodas, embora ainda se mantivesse lúcido.

Nascido em 1910 na capital francesa, publicou na revista "Miradas" nos anos 30 seus primeiros trabalhos sobre os movimentos sociais, principalmente as greves da fábrica Citroën.

Ao fim da Segunda Guerra, Ronis participou no renascimento da imprensa ilustrada e, me 1946, fez parte da primeira equipe da agência Rapho.

Recebeu o prestigioso Grande Prêmio das Artes e das Letras para a fotografia (1979) e um de seus livros ganhou o Prêmio Nadar (1981).

juc/cn

    Leia tudo sobre: iG

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG